1ª página
Página Principal Bem vindo (a) www.sportmotores.com 20/01/2022 16:38 GMT





Calendário Actual
Janeiro - 2022
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031    


Provas a Decorrer
Rali de Monte Carlo



Proximas 3 Provas
24 horas de Daytona
24 Horas de Nurburgring
6 horas de Fuji (WEC)








Dakar: ASO bane os camiões da MAZ
Data: 03/12/2021 20:05

A arrogância das organizações francesas é mundialmente conhecida e a Amaury Sport Organisation acabou de criar a primeira grande confusão do Dakar de 2022.

A categoria de camiões iria participar do que prometia ser um duelo em grande estilo entre Kamaz e MAZ, que iria substituir aquele que os camiões russos mantêm há mais de cinco anos contra os IVECO do Team De Rooy.

Contudo, a actual delicada situação política na Bielorrússia, agravada por um confronto de egos com a União Europeia, está a ter também consequências desportivas. Este é mais um episódio.

A estrutura MAZ-Sportauto, com os seus camiões “Kapotnik” preparados com componentes da Belavtomaz Holding Company, não estará presente na próxima edição da prova organizada pela ASO após a decisão dos organizadores de retirar a sua inscrição.

A própria equipa convocou uma conferência de imprensa para dar detalhes da situação depois de ter apresentado nas últimas horas várias fotos do seu comboio, com os camiões dos reboques parados a caminho do porto de Marselha, onde todas as equipas foram convocadas para iniciar a sua jornada rumo à Arábia Saudita.

“A empresa ASO (Amaury Sport Organization), organizadora do Dakar, acaba de anunciar oficialmente que a equipa MAZ-Sportauto não poderá participar no Rally Dakar 2022”. Esta foi a breve declaração feita pela estrutura desportiva, referindo-se ao facto de Siarhei Viazovich, Aliaksei Vishneuski e Aliaksandr Vasileuski não terem o aval da organização para participar na prova.

A ASO tomou esta decisão após as medidas adotadas pela União Europeia em relação aos blocos comerciais a entidades ou empresas bielorrussas que manifestem o seu apoio ao regime de Alexander Grigoryevich Lukashenko, o presidente do país. Isto também afeta a MAZ, uma vez que o Dakar, além de uma competição desportiva, também é considerado um evento comercial devido aos custos de inscrição e outros acordos firmados.

"A própria situação ultrapassou os limites", observou Sergey Vyazovich, piloto e chefe da equipa da MAZ-SPORTauto. "Eles gozam com os atletas sem parar: vão tirar a bandeira, depois vão tirar o hino, agora estão a tentar tirar os carros. Isto não pinta todo o desporto mundial e, na minha opinião, o próprio processo de resolver essas questões é inadmissível: é o silêncio ou [uma solução] do ponto de vista da força: quando és um organizador e interpretas as regras como você quiser. Estamos extremamente indignados com esta situação".

Desde 21 de junho de 2021 que a MAZ, um dos maiores construtores automóveis do país, foi incluída na lista das entidades sujeitas a sanções da União Europeia contra a Bielorrússia. Contudo, a ASO se não queria a participação da equipa do país de leste não tinha aceite a sua inscrição em primeiro lugar, em vez da deselegante medida tomada.

Jorge Plácido


Links relacionados
 
Noticias:
   Dakar: Ken Block com a Audi?
   TT - Abu Dhabi: BRX retira os seus novos carros após acidente grave com mecânico
   Dakar: Quarentenas reduzem presença da BAIC
   XE: McLaren pendura-se na Multimatic
Categorias:
   Internacional
   Todo o Terreno
   Dakar
Provas:
   Dakar
FotoFlash

Galeria
Galerias de Fotos









Mail List
Se pretender receber informação periodica sobre este site por favor inscreva-se indicando o seu:
Nome:
E-mail:



R4 Sim Racing

Direita3 - Desportos Motorizados

     Copyright sportmotores.com 2000-2007
Envie as suas noticias para press@sportmotores.com
Comentários e Sugestões: webmaster@sportmotores.com