1ª página
Página Principal Bem vindo (a) www.sportmotores.com 20/01/2022 16:26 GMT





Calendário Actual
Janeiro - 2022
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031    


Provas a Decorrer
Rali de Monte Carlo



Proximas 3 Provas
24 horas de Daytona
24 Horas de Nurburgring
6 horas de Fuji (WEC)








SSS - Estoril: Chegou ao fim a temporada
Data: 27/11/2021 22:40

As Single Seater Series, competição organizada pela Motor Sponsor e único troféu de monolugares em Portugal, voltaram à ação este fim de semana, no mítico Circuito do Estoril, para a jornada de encerramento da época.

Uma prova revestida de emoção, onde à discussão ao cronómetro se juntou o colorido especial da decisão dos títulos. Um fim de semana em que exigência máxima se revelou deste a primeira hora.

Nos Treinos Cronometrados, Fernando Mayer Gaspar assinou o melhor tempo da disputada classe ZT com o seu Mygale SJ00. Um feito igualado por António Correia na classe PT com o seu Funspeed FS 2019. Já na classe KT, a melhor marca ficou nas mãos de Madalena Mayer Gaspar, que fez a estreia em monolugares este fim de semana, ao volante de um Quest MT86 dividido com o marido Fernando Gaspar.

Uma sessão que se revelou madrasta para Miguel Matos, que foi obrigado a abandonar prematuramente a prova do Estoril, devido a problemas mecânicos no seu Griip G1 da Fórmula Livre. Também Miguel Abreu, que atua sob o pseudónimo Al Capone na classe FR, deparou-se com problemas elétricos no seu Fórmula Renault 2.0, não completando os Treinos Cronometrados.

Mas o momento mais aguardado da jornada estava reservado para as derradeiras corridas da temporada. Na exigente Corrida 1, Fernando Mayer Gaspar repetiu a performance dos Treinos Cronometrados e venceu a classe ZT com o Mygale SJ00, seguido do Van Diemen RF04 de João Silva e do Mygale SJ04 de Rui Silva.

Na classe PT, António Correia voltaria também a estar em grande plano, carimbando o triunfo com o Funspeed FS 2019. Já o Quest MT86, com Fernando Gaspar ao volante, venceria a classe MT86, enquanto Miguel Abreu, resolvidos os problemas no seu Fórmula Renault 2.0, e numa jornada de evolução ao volante, segurou o triunfo na FR.

Com o derradeiro desafio da época pela frente, a Corrida 2, as atenções centraram-se novamente no difícil traçado do Estoril para a hora de todas as decisões. Uma corrida marcada pela emoção em pista, onde os pilotos levaram ao limite os icónicos fórmulas, com Duarte Pires, que fez dupla com Fernando Mayer Gaspar, a dar a segunda vitória do fim de semana na classe ZT à equipa, ao volante do Mygale SJ00, seguido do Van Diemen RF04 de João Silva, piloto que adotaria uma toada de gestão a pensar nas contas do troféu. Na terceira posição ficaria Vítor Sampaio, no seu Vector MG01.

António Correia, no Funspeed FS 2019, voltaria a estar em destaque, ao alcançar o segundo triunfo do fim de semana na classe PT, uma performance igualada por Miguel Abreu na classe FR ao volante do Fórmula Renault 2.0. Uma Corrida 2 onde Madalena Mayer Gaspar acabaria por não alinhar, devido a problemas elétricos no Quest M86.

Um cair de pano sobre a temporada de 2021 que permitiu revelar os grandes vencedores das Single Seater Series em cada classe. Com os dois segundos lugares assinados no Estoril, a vitória no troféu na classe ZT foi para João Silva, numa época em que somou um total de seis pódios em sete corridas com o seu Van Diemen RF04, com destaque para as duas vitórias alcançadas na primeira prova, em Braga.

“Quero agradecer à minha equipa, pois deu-me um carro muito bom, o qual me tem permitido baixar os meus tempos prova após prova. Por isso, parabéns a eles pelo carro fantástico que fizeram”, enalteceu João Silva.

Na classe PT o vencedor do troféu foi António Correia, piloto que ao somar mais duas vitórias no Estoril, terminou o ano ao volante do seu Funspeed FS 2019 com um parcial de seis triunfos em sete corridas. “Fazemos um bom balanço deste fim de semana, no qual conseguimos discutir posições na geral com outros concorrentes. Por outro lado, não tivemos qualquer problema com o carro, o que é muito bom e também um sinal de que as coisas estão a evoluir no caminho certo. Agora é tempo de desfrutar da vitória no troféu”, afirmou António Correia.

Já na FR assistiu-se a uma reviravolta, com Miguel Abreu, que chegou ao Estoril na segunda posição, a carimbar o triunfo nas duas corridas da última prova do ano com o seu Fórmula Renault, resultados que permitiram ao piloto sagrar-se o vencedor da classe no troféu. “É um resultado muito bom. O carro evoluiu muito e eu melhorei bastante. Neste prova em particular consegui estar a lutar por posições na geral e cheguei a estar em primeiro, o que é fantástico. Quero por isso agradecer à minha equipa pelo excelente trabalho.”

Vasco Sampaio, que disputou a época com um Ray GR98 e que no Estoril dividiu o Vector MG01 com o seu pai Vítor Sampaio, foi o vencedor da classe KT no troféu, na qual alinhou nas duas primeiras provas do ano. Já na classe KT 80, a vitória no troféu foi para Pedro Matos, num Van Diemen RF85, piloto que alinhou na primeira jornada da época, em Braga.

A.I.


Links relacionados
 
Noticias:
   GT3 Cup - Estoril: Outros títulos atribuídos na segunda corrida
   Troféu C1: Primeiras datas e novidades para 2022
   SSS: Nasce a Fórmula Futuro
Categorias:
   Nacional
   Velocidade
   Single Seater Series
FotoFlash

Galeria
Galerias de Fotos









Mail List
Se pretender receber informação periodica sobre este site por favor inscreva-se indicando o seu:
Nome:
E-mail:



R4 Sim Racing

Direita3 - Desportos Motorizados

     Copyright sportmotores.com 2000-2007
Envie as suas noticias para press@sportmotores.com
Comentários e Sugestões: webmaster@sportmotores.com