1ª página
Página Principal Bem vindo (a) www.sportmotores.com 21/01/2022 16:29 GMT





Calendário Actual
Janeiro - 2022
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031    


Provas a Decorrer
Rali de Monte Carlo



Proximas 3 Provas
24 horas de Daytona
24 Horas de Nurburgring
6 horas de Fuji (WEC)








GP Macau: Soltas do fim de semana II
Data: 23/11/2021 20:30

Fique com o segundo bloco de notícias soltas relativas à 68ª edição do Grande Prémio de Macau, a prova de automobilismo mais portuguesa a Oriente.

Furos e mais furos
Inexplicavelmente, ou talvez não, Avon foi pela primeira vez a fornecedora de pneus exclusiva da Taça GT Macau, Corrida da Guia e Taça GT Grande Baía (para viaturas da classe GT4 ou equiparadas). Esta foi também a primeira vez que a marca inglesa forneceu pneus para uma prova internacional da categoria TCR e a primeira desde há quase uma década de corridas de carros GT3. Se as equipas de carros de Turismo ainda tiveram a oportunidade de realizar testes, a grande parte das equipas de GT chegou a Macau à escuras. A estreia da Avon neste papel não poderia ter corrido pior, pois a 50ª Corrida da Guia foi decidida com um furo que roubou um triunfo justo a Ma Qing Hua. Aliás, a equipa oficial da Lynk & Co quase que perdia a corrida, com dois dos seus três carros a desistirem com furos. No total, oito carros furaram na corrida de 12 voltas e muitos mais sofreram do mesmo durante o fim de semana. Nas outras categorias o cenário não foi diferente. Só o suíço Alexandre Imperatori (Porsche 911 GT3 R) furou quatro vezes ao longo do fim de semana na Taça GT Macau.

Segundo classificado apelou
O Hyundai i30 N TCR de Lo Sze Ho foi o segundo classificado na Corrida da Guia, no entanto, o piloto de Hong Kong, que fazia a sua primeira corrida com o carro adquirido à Engstler Motorsport, foi mais tarde desclassificado por não ter cumprido o regulamento relativamente à pressão máxima do turbo. De consciência limpa, como escreveu nas redes sociais, Lo Sze Ho apelou da decisão dos comissários desportivos, ficando o resultado final a aguardar de uma decisão das instâncias superiores.

Traído pela sinalização
Darryl O'Young venceu a Taça GT Macau de 2021, repetindo a proeza de 2008. Contudo, o piloto de Hong Kong, que tinha passado 21 dias de quarentena fechado num quarto de hotel para participar no evento, apanhou um susto valente na corrida de sábado. Quando na quarta volta o Lamborghini Huracán GT3 Evo de Tang Ruo Bin partiu o motor na aproximação à curva do Hotel Lisboa, a direcção da prova optou por não interromper a prova. Como contou após a corrida, O'Young viu um carro imobilizado na pista, mas, como não viu a Bandeira Amarela com Listas Vermelhas, não esperava encontrar óleo na pista à sua frente (ver vídeo em baixo). Além da limitação de pessoal, pois os membros estrangeiros da equipa de Hong Kong não puderam estar presentes no evento, e do limite de passes atribuídos às equipas, restringindo a presença de apenas três mecânicos, um engenheiro e um chefe de equipa por carro, havia a questão de existirem em Macau todas as peças sobressalentes e se o chassis do carro alemão estaria danificado. Depois de uma “directa” a trabalhar no duro, os elementos da equipa conseguiram terminar a reparação do Mercedes-AMG GT3 a dez minutos do fecho do pitlane para a corrida. Como o próprio piloto admitiu, o carro ficou com o chassis danificado, mas tal não colocou em causa a segurança.

Ye protestou O'Young
Quem não gostou da vitória do piloto de Hong Kong foi Leo Ye Hongli, o vencedor da Taça GT Macau de 2020. O piloto chinês, que tinha sido o mais rápido na qualificação e vencido a corrida da qualificação, queixou-se na conferência de imprensa que passou a corrida a levar com óleo vindo do carro do seu adversário, não compreendendo porquê que os comissários não advertiram O'Young. No final da corrida de domingo, a sua equipa, a Toro Racing, ainda protestou a partida lançada de O'Young, alegando que este rodaria a uma velocidade superior ao permitido. O protesto seria indeferido, pois os comissários técnicos verificaram que O'Young nunca ultrapassou os 90 km/h no procedimento da partida.

Vencedor do GP pensa em retirar-se
Depois do seu segundo triunfo consecutivo no Grande Prémio de Macau de Fórmula 4, Charles Leong disse aos jornalistas que pensa retirar-se das lides, pois na realidade actual não vê como possa progredir na carreira. No entanto, o futuro não implica um afastamento total da modalidade. Charles Leong diz estar focado na promoção de talentos locais e que poderá continuar ligado ao desporto automóvel local por esta via.

Audi com mais carros que os outros todos:
Com vinte e um carro espalhados por quatro corridas - Corrida da Guia, Taça GT Macau, Taça de Carros de Turismo de Macau e Taça GT Grande Baía - a Audi era a marca melhor representada no fim de semana de Macau. Só na Corrida da Guia, eram treze os RS 3 LMS TCR à partida. Este caso de popularidade da marca de Ingolstadt deve-se em boa parte ao programa de atribuição 100 mil euros de prémios aos três melhores classificados da “Audi Sport Asia Trophy”, um troféu para onde todos os pilotos que corram de Audi na região, independente da categoria, pontuam. Isto, para além dos vários investimentos que a Audi Sport customer Racing Asia tem feito ao longo da última década para obter resultados de vultos nos principais campeonatos aonde está envolvida. Na noite de quinta-feira, na Doca dos Pescadores, a filial asiática da Audi Sport aproveitou para apresentar o seu novo RS 3 LMS TCR (2021) aos seus clientes da região.

Construtores chineses em força:
Para além da Lynk & Co, que tendo vindo a ter uma papel de destaque na Corrida da Guia, a prova deste ano contou com a estreia de três outros construtores automóveis do país da Grande Muralha. A Dongfeng Honda, a GTMC (GAC Toyota Motor Co) e a Changan Automobile estrearam no Circuito da Guia, tendo estas três marcas estado representadas na Taça de Carros de Turismo de Macau, sendo que os dois carros da Changan Automobile eram mesmo da equipa de fábrica.

Sérgio Fonseca


Links relacionados
 
Noticias:
   GP Macau: Soltas do fim de semana I
   GP Macau - F4: Segunda vitória de Charles Leong
   GP Macau - Guia: Jason Zhang vence edição dos 50 anos
   GP Macau - GT: Vitória sofrida e merecida de Darryl OYoung
   GP Macau: Organização satisfeita com 2021 e 2022 é para fazer
   GP Macau: Rui Valente adia "reforma" e promete voltar para a 30ª participação
Categorias:
   Internacional
   Velocidade
Provas:
   Grande Prémio de Macau
FotoFlash

Galeria
Galerias de Fotos









Mail List
Se pretender receber informação periodica sobre este site por favor inscreva-se indicando o seu:
Nome:
E-mail:



R4 Sim Racing

Direita3 - Desportos Motorizados

     Copyright sportmotores.com 2000-2007
Envie as suas noticias para press@sportmotores.com
Comentários e Sugestões: webmaster@sportmotores.com