1ª página
Página Principal Bem vindo (a) www.sportmotores.com 24/01/2022 13:34 GMT





Calendário Actual
Janeiro - 2022
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031    


Provas a Decorrer



Proximas 3 Provas
24 horas de Daytona
24 Horas de Nurburgring
6 horas de Fuji (WEC)








GT3 Cup: O piloto que trouxe Rolling Stones e U2 a Portugal
Data: 25/10/2021 11:11

Amante de música e de automóveis, Álvaro Ramos, um dos maiores produtores portugueses de espetáculos musicais, que já trouxe três vezes os Rolling Stones ao nosso país e levou os U2, em 1982, a Vilar de Mouros, é uma das recentes conquistas da GT3 Cup.

O agora piloto-empresário sempre gostou de acelerar em track days nos circuitos do Estoril e do Algarve, até que, na sequência de um acidente nessas “brincadeiras”, os amigos o incentivarem a envergar o fato de competição e o capacete.

“Basicamente, a ideia á desfrutar, não mais do que isso”, vinca, lembrando que a estreia ocorreu aos comandos de um Mercedes AMG GT4 no Campeonato de Portugal de Velocidade, antes de aderir ao troféu monomarca dos Porsche 911. Neste momento, confessa que se encontra numa fase de descobrir com que carro de competição se identifica melhor… para depois escolher um.

“Já conduzi o Mercedes AMG, há duas semanas sentei-me ao volante de um McLaren, em Portimão, e agora estou a guiar o Porsche 911”.

O atual patrão da Ritmos & Blues, também acionista e administrador do Altice Arena e da Meo Blue Tickets, a maior empresa nacional de bilhética, desde miúdo que sempre nutriu uma grande paixão pelos automóveis: “Sabia a marca de todos os automóveis que passavam na rua”.

Na década de 80 e na área dos eventos até esteve ligado ao Team Promogrupo, quando Ni Amorim, o atual presidente da FPAK, corria com o Ford Sierra RS 500.

“A vida está um pouco ao contrário se pensar que agora, quando já tenho possibilidades, estou mais velho. De qualquer modo, e como a paixão persiste, procuro divertir-me com os carros”, acentua Álvaro Ramos, cujos grandes concertos agendados pela sua empresa a curto prazo são os de André Rieu e de Bryan Adams.

E quando indagamos qual a banda que escolheria para ouvir quando se encontra em pista ao volante do Porsche 911 GT3 Cup, não hesita: “Teria que ser uma coisa um pouco mais forte, como a música dos AC/DC”.

O empresário tece elogios à GT3 Cup, na qual diz sentir-se muito bem, considerando: “É uma pedrada no charco em Portugal, uma ideia muito boa. Estou a gostar bastante, do grupo de pessoas e de toda a envolvência. Tudo isso apesar das diferenças de andamentos entre pilotos, mas tem sido uma experiência muito agradável, uma aprendizagem contínua”.

E quando é que poderemos ver de novo em Portugal, por exemplo, os Rolling Stones? “A esse nível as coisas estão um pouco paradas, porque a Europa ainda não se encontra aberta a 100 por cento em termos de covid. E as grandes bandas evitam correr riscos de fazer grandes digressões internacionais sem a certeza de que não vai haver restrições aqui ou ali”, respondeu Álvaro Ramos.

A.I.


Links relacionados
 
Noticias:
   GT3 Cup - Jerez: Carlos Vieira o mais rápido
   GT3 Cup - Jerez: Vieira esteve imparável na primeira
   GT3 Cup - Jerez: Vitória surpresa de Francisco Carvalho
   GT3 Cup - Jerez: Com pódio Barros espera mais no futuro
Categorias:
   Nacional
   Velocidade
FotoFlash

Galeria
Galerias de Fotos









Mail List
Se pretender receber informação periodica sobre este site por favor inscreva-se indicando o seu:
Nome:
E-mail:



R4 Sim Racing

Direita3 - Desportos Motorizados

     Copyright sportmotores.com 2000-2007
Envie as suas noticias para press@sportmotores.com
Comentários e Sugestões: webmaster@sportmotores.com