1ª página
Página Principal Bem vindo (a) www.sportmotores.com 24/01/2022 14:03 GMT





Calendário Actual
Janeiro - 2022
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031    


Provas a Decorrer



Proximas 3 Provas
24 horas de Daytona
24 Horas de Nurburgring
6 horas de Fuji (WEC)








CNR: Soltas do rali de Mortágua - I
Data: 19/09/2016 23:31

Foto: José BandeiraFique com a primeira parte das soltas do Rali de Mortágua que se disputou este fim de semana.

Teste coletivo na quinta-feira
Depois do Demoporto no Rali Serras de Fafe, apenas agora em Mortágua se fez novamente um teste coletivo prévio ao rali. Com um preço de inscrição de 100 euros, as equipas puderam testar a partir das 14h de quinta-feira, e mesmo se o horário limite marcado era as 18h, o teste prolongou-se até muito próximo das 19h. Foi uma boa iniciativa do Clube Automóvel do Centro – que se deveria estender a todas as provas do CNR - à qual aderiram 12 equipas (11 delas do CNR) permitindo aos pilotos fazerem as últimas afinações dos seus carros (e até alguns co-drives) em perfeita segurança e sem necessidade de andar à procura de estradas para fazer testes (mais ou menos) individuais. Se a adesão até terá superado as expectativas, houve pelo menos um piloto – Miguel Nunes – que à mesma hora testou em local diferente o Ford Fiesta R5 da formação espanhola RMC.

Estrutura da prova
Com uma estrutura de prova dividida em dois dias, com o primeiro dia com uma especial com dupla passagem e a já tradicional superespecial, a única crítica que se poderá fazer é a do horário, já que ou o CAC estava à espera de ter uma lista de inscritos com números muito acima do habitual ou então não se compreende o porquê das cerca de duas horas de intervalo entre as especiais. Alguns ainda terão pensado que no caso da superespecial, tal se poderia dever a uma possível inversão da ordem de partida, mas isso não se confirmou. Com algumas organizações a optarem, na nossa perspectiva, bem, por dupla passagem na superespecial – intercalando-as -, o CAC continua a não considerar essa hipótese o que é algo incompreensível. Positivo foi o esquema de sábado, com três troços com dupla passagem, mas intercalando-os, permitindo assim que se pudesse ver duas passagens de manhã e outras duas à tarde sem necessidade de correrias.

Parque de Assistência
O Rali de Mortágua tem o seu parque de assistência no aeródromo local, logo espaço é coisa que não lhe falta. Porém, ter um parque de assistência destes não é algo que se afigure muito positivo para a prova do CAC. O aeródromo fica a cerca de 5 quilómetros da vila e além disso tem o seu acesso vedado ao público em geral, pois apenas veículos credenciados podem a ele aceder. O público, se o pretender fazer, tem de deixar o seu carro na estrada próxima e depois subir umas boas centenas de metros a pé. Resultado, o Parque de Assistência, é um verdadeiro deserto de público! Não sendo expectável um aumento exponencial do número de concorrentes no CNR, e até para que a vila de Mortágua sinta mais o impacto do rali, outras opções existirão mais próximas do centro urbano.

Público
Mortágua fica um pouco afastado do ‘centro’ dos ralis em Portugal, que é, sem sombra de dúvidas, mais a norte. Porém, anos houve, principalmente nas primeiras edições, que o Rali de Mortágua – ainda em asfalto – atraía muito público. Se em anos recentes, de crise do CNR… e do país, a afluência do público se ressentiu, a recuperação do CNR – mais do que a do país… – seria um excelente motivo para um regresso em força do público. Porém, e este ano até mais do que em 2015, a quantidade de público ao longo das especiais foi claramente inferior aos melhores anos. Inclusive a superespecial já teve bem mais público. Aqui, talvez a explicação seja o facto de se montar um espectáculo que acaba por durar apenas uma hora, com a agravante de se fazer dos melhores (carros, sublinhe-se) para os mais fracos. As tais duas passagens, que falamos acima, poderiam ser um forte estímulo para o público!

Promoção/Divulgação de provas
Algo habitual nas provas de ralis é ver organizadores/promotores de outras provas a fazerem a promoção/divulgação dos seus eventos junto dos principais interessados, procurando angariar ‘clientes’. Em Mortágua, apenas vimos elementos ligados ao Constálica Rali Vouzela a fazer esse trabalho. Curiosamente, quanto às provas no CNR, onde isso faria ainda mais sentido, se já se sabe quase tudo sobre a última prova (Casinos do Algarve), quase nada se sabe (pelo menos oficialmente) da próxima (Casino de Espinho)!



Links relacionados
 
Noticias:
   CNR - Mortágua: Um firme triunfo de Pedro Meireles
   CNR: José Pedro Fontes mantém intacta a posição no campeonato
   CNR: António Costa surpreendeu em Mortágua
   CNR: Miguel Nunes quer disputar mais ralis em terra em 2017
   CNR: Soltas do Rali de Mortágua - II
Categorias:
   Nacional
   Ralis
   Campeonato de Portugal de Ralis
Provas:
   Rali de Mortágua
FotoFlash

Galeria
Galerias de Fotos









Mail List
Se pretender receber informação periodica sobre este site por favor inscreva-se indicando o seu:
Nome:
E-mail:



R4 Sim Racing

Direita3 - Desportos Motorizados

     Copyright sportmotores.com 2000-2007
Envie as suas noticias para press@sportmotores.com
Comentários e Sugestões: webmaster@sportmotores.com